Fotografia, Arte e Poesia



domingo, 24 de janeiro de 2010

PARABÉNS SÃO PAULO 456


São Paulo

São Paulo, és chamarisco, com certeza!
Filhos postiços te conhecem bem.
És berço do trabalho, és fortaleza.
Mas para erguer-te vêm povos d´além.

E esperançosos de encontrar riqueza
De todos os recantos eles vêm.
Insistem na labuta com firmeza
se querem conquistar algum vintém.

E o esforço em bloco é que te faz enorme.
São Paulo, és a cidade que não dorme.
Embora tenhas na alma um peito de aço.

Na condição de irmão hospitaleiro
abrigas com carinho lisonjeiro
o mundo inteiro;sob teu regaço.



São Paulo Amigo

Sou felizarda por morar aqui
Nesta cidade amada do Brasil,
Onde inteira de sonhos me vesti
Para tornar a luta mais sutil.

São Paulo, com orgulho eu te escolhi
Porque és a fonte de riquezas mil.
Que és nobre terra, há muita descobri,
Meu bom São Paulo de alma varonil.

Foste a esperança viva do planalto,
Dos bandeirantes a ideal conquista
A crescer para os céus pelo asfalto.

Deixas esperançosos o mundo inteiro.
E até para quem nunca foi paulista
Entregas teu carinho hospitaleiro!...



São Paulo em Ação

Com força assim, não pode haver igual.
Cresces depressa e assustadoramente!
Segues veloz em marcha triunfal
Enaltecendo Anchieta eternamente.

E, no calor do abrigo fraternal,
Dás esperança para muita gente
Seguir em rente, em busca do ideal,
Fazendo-te maior diariamente.

Terra adorada de Piratininga,
És tu, a mais audaz conquista,
Onde qualquer projeto sempre vinga.

Bendita sejas pela eternidade,
Porque és de todos, o torrão paulista.
Pátria a crescer em prol da humanidade.



São Paulo Gigante

Oh! Meu São Paulo gigante,
Metrópole da nações.
Tu tens o poder triunfante,
De prender os corações.

Vinte cinco de janeiro,
Data que ficou na história
Por um povo hospitaleiro,
É festejada com glória.

A tão famosa garoa
A penumbrar a cidade
Vai molhando a terra boa
Com gotinhas de saudade.

Oh! metrópole querida
Amada por todos nós
A tua fama é conhecida
E como cresces veloz.

Vinte e cinco de janeiro
Data que ficou na história
Por um povo hospitaleiro,
É festejada com glória.


( poesias são de autoria de Analice Feitoza de Lima )

3 comentários:

Phyhernandes disse...

Amo SP! Claro que não mais que meu RS. hihihi
:)

Anna Prosa e Versos disse...

QUANTAS SAUDADES VOCÊ... AMO SÃO PAULO, ABRAÇOS.

Anna Prosa e Versos disse...

OLA MENINO,BOM DIA! MUITO OBRIGADA PELA GENTILEZA DAS PALAVRAS,ABRAÇOS POETICOS.